IGREJA DO EVANGELHO QUADRANGULAR

Av. Mariana Calighiuri Ronchetti, 728 – Jd. Peri – São Paulo – SP

Fone/FAX: (11) 2258-5513

“A base do trabalho voluntario é A CONFIANÇA, O RESPEITO E A MOTIVAÇÃO.  A última depende dos outros 2. Quando falta esse trio SÓ PAGANDO.”

 Planejamento 2011

“Vivendo o NOVO de Deus”

        I.            INFORMAÇÕES GERAIS

Diretor Local:

Pr. Sinesio Carlos dos Santos

Fone:    (11) 2232-5081 – Residencial

                (11) 3226-3135 – Comercial

                (11) 7284-7595 – Celular

                E-mail: sinesiosantos@portaladmeclesiastica.com.br

                Twitter: www.twitter.com/sinesio_santos

                MSN: sinesio_santos.ti@sgaf.org.br

Secretaria do DEBQ

Edetina

                                Fone: (11) 2258-8965

                                E-mail: edetina.barbosa@hotmail.com

Professores:

Classe Nome
Adultos(Domingo) Pra. Silvana/Pr. Reginaldo
Adultos(Segunda) Pr. Sinesio
Jovens Pra. Luciana/Pr. Charles
Adolescentes Carlos Rogério / Eric
Juniores Nelma/Érica
Crianças 1 Sirlei/Debora
Crianças 2 Debora/Neuciane/ Andrea
Preparação para Batismo Pra. Glaubia
Novos Professores Pr. Sinesio

       II.            VIVENDO O NOVO DE DEUS

O Filme “ESCRITORES DA LIBERDADE” será o nosso filme motivacional para 2011 devido ao seu conteúdo abrangente e desafiador. Professores e alunos são instigados a mudar a forma da docência e da discência. A paixão e o chamado devem nortear as aulas da Escola Bíblica, devem provocar reações na direção. Devem produzir algo novo, um bálsamo para a Educação Bíblica.

Situação Geral da População no Brasil

Grande parte da população brasileira vive uma situação muito difícil, e seus ganhos financeiros são baixos. Por isso, muitos dependem dos programas sociais do governo, tais como Bolsa Família, Bolsa Escola e outros. Uma das principais causas desta situação é a Educação, ou seja, são pessoas com pouca ou nenhuma instrução.

Veja as informações abaixo:

Situação Geral da Educação no Brasil

15 milhões de analfabetos absolutos

30 milhões de analfabetos funcionais

O grande desafio do atual governo é mudar este quadro, investindo na Educação. Outro desafio enorme é mudar a realidade de milhões de brasileiros que vivem em situação muito complicada.

O maior dos desafios  

Vimos que os desafios são enormes, porém, o grande desafio é outro: MUDAR A MENTE DAS PESSOAS QUE SE ENCONTRAM NESTA SITUAÇÃO. 

Elas precisam acreditar que podem mudar o quadro de suas vidas, apesar de toda a dificuldade vivida. Mudar a mente das pessoas que se encontram nesta situação implica em agir em duas direções:

  1. Mudar a mente em relação à Educação. 
  2. Mudar a mente em relação a querer de fato sair da condição na qual estão.  

“Dar uma mãozinha para uma pessoa não é o problema, o problema é quando a pessoa não quer largar a mão”  

A Educação no âmbito evangélico

A situação social do país se reflete no seio da Igreja, entre nós:

  1. Vivemos neste país e aqui estão os cidadãos que vivem as mesmas situações:

No que se refere à Bíblia, a Palavra de Deus:

  • Muitos cristãos são analfabetos absolutos; 
  • Um número maior ainda de cristãos são analfabetos funcionais.
  1. Esta situação também exige uma mudança na mente nos filhos de Deus:
  • Mudança em relação à Educação: o povo de Deus precisa acordar para a necessidade de aprimorar e crescer no conhecimento e na graça de Jesus Cristo: II Pe. 3.18.
  • Mudar a mente em relação a querer de fato sair da condição na qual estão.
  1. Os cristãos possuem enormes vantagens, em relação aos seus compatriotas.

Porém, muitos deles, não sabem usufruir destas vantagens. Juniores, Adolescentes, Jovens e Adultos; na sua maioria não valorizam a Educação Bíblica e os efeitos que a mesma poderia produzir em suas vidas: secular e espiritual.

A Educação espiritual acontece de diversas formas:

  1. 1.       Cultos

O culto, porém, tem uma função diferente que outro momento da Igreja que é a Escola Bíblica

2. Leitura da Bíblia

A leitura bíblica é uma das ferramentas mais simples para a mudança de minha mente, da minha vida espiritual, da minha realidade.

“A leitura da Bíblia em si, é uma educação.” – Alfred Lord Tennyson

3. Departamento de Educação Bíblica

O lugar principal lugar onde se sá a Educação Bíblica é a Escola Bíblica.

Negligenciar isto JUNIORES, ADOLESCENTES, JOVENS E ADULTOS:

  •   é “dar um tiro no próprio pé”.
  •   é auto-condenar-se a viver de “programas sociais espirituais”, que ajudam mas não mudam a sua situação.

VIVER O NOVO DE DEUS COMEÇA UMA NOVA VIDA NA EDUCAÇÃO

A nossa atitude em relação a Palavra de Deus e isto significa uma atitude em relação a Escola Bíblica, indicará que tipo de vida levaremos em 2011.

Se queremos o novo de Deus em 2011, precisamos fazer mais do que temos feito, precisamos mudar nossos padrões, precisamos não mais depender de “bolsas espirituais” e construir a nossa própria carreira espiritual, sejamos nós alunos ou professores.

Pr. Sinesio Santos

 III.            AGENDA 2011

Fase Preparatória
JANEIRO 12 Reunião de Planejamento Anual
  16 Aula inaugural – Vivendo o novo de Deus

 

Primeiro Período Letivo – 23/01 a 22/05

 

  23 Aula 1
  30 Aula 2
FEVEREIRO 06 Aula 3
  13 Santa Ceia – Recepção e convites: Adultos
  16 Reunião de Trabalho
  20 Aula 4
  27 Aula 5
MARÇO 06 Acampamento de Carnaval
  13 Santa Ceia – Recepção e convites: Jovens
  16 Reunião de Trabalho
  20 Aula 6
  27 Aula 7
ABRIL 03 Aula 8
  10 Santa Ceia – Recepção e convites: Adolescentes
  13 Reunião de Trabalho
  17 Aula 9
  24 Aula 10
Maio 01 Aula 11
  08 Santa Ceia – Recepção e convites: Juniores
  11 Reunião de Trabalho
  15 Aula 12
  22 Aula 13Encerramento do Primeiro Período Letivo

 

Aulas especiais
Maio 29 Tema: Há Poder em Suas Palavras
Junho 05 Tema: Santificação
  12 Santa Ceia – Recepção e convites: Crianças
  19 Tema: Família

  • Juniores: Como servir a Deus na Família?
  • Adolescentes e Jovens: Família, Um Projeto que Começa Hoje
  • Adultos: O Papel do Cônjuge (separando homens e mulheres, contando com o suporte da Liderança de Casais
  26 Aulas Especiais – Tema: Fé, Vivendo o Impossível

 

Segundo Período Letivo – 03/07 a 23/10

 

JULHO 03 Aula 1
  10 Santa Ceia – Recepção e convites: Adultos
  17 Aula 2
  21 Crianças e JunioresEscola Bíblica de Férias
  22
  23
  24
  24 Aula 3
  31 Aula 4
AGOSTO 07 Aula 5
  14 Santa Ceia – Recepção e convites: Jovens
  17 Reunião de Trabalho
  21 Aula 6
  28 Aula 7
SETEMBRO 04 Aula 8
  11 Santa Ceia – Recepção e convites: Adolescentes
  14 Reunião de Trabalho
  18 Aula 9
  25 Aula 10
OUTUBRO 02 Aula 11
  09 Santa Ceia – Recepção e convites: Juniores
  12 Reunião de Trabalho
  16 Aula 12
  23 Aula 13

 

Aulas especiais
OUTUBRO 30 Tema: Vocação e Chamado
NOVEMBRO 06 Tema: Resistindo às Tentações
  13 Santa Ceia – Recepção e convites: Crianças
  20 Tema: Dinheiro, Raiz de Todos os Males?
  27 Tema: Como Saber a Vontade de Deus?
DEZEMBRO 04 Exposição e Debate*Ensaio da Formatura
  11 Santa Ceia – Recepção e convites: TODOS
  11 FORMATURA DO DEBQ

 

*Exposição – A idéia é que neste dia as classes decorem a Igreja com os principais temas aprendidos durante o ano: cartazes, maquetes, teatro e tudo o que a criatividade do professor e da classe conseguir conceber.

*Debate – Teremos neste dia uma roda viva com um professor de cada classe, onde os alunos e membros das igrejas poderão fazer perguntas livres os temas estudados durante o ano. O modelo será o programa Roda Viva da TV Cultura, apresentado às segundas-feiras e que geralmente apresenta temas muito interessantes e importantes para os educadores.

    IV.            METAS PARA O ANO

Em 2011 trabalharemos com metas coletivas e individuais. Este programa de metas visa o crescimento numérico e qualitativo do DEBQ, bem como dos professores e pessoas envolvidas na direção da mesma.

  • Metas semanais para as Classes
Sala Freqüência Ofertas Doações
Adultos 60 36,00 3 leites e 1 nescau
Jovens 30 18,00 2 leites e 1 nescau
Adolescentes 30 9,00 2 leites
Juniores 40 6,00 1 leite
Crianças 50 Isento Isento
Maternal 20 Isento Isento

 

  1. Doações e ofertas extras serão anotadas de imediato em aulas seguintes, sendo usadas para abater possíveis faltas, não prejudicando o cumprimento de metas da classe; porém; não retroagirão a faltas anteriores;
  2. As salas podem se desejarem, entregar as doações de uma única vez, porém, no início do mês e nunca no final.

 

  • Metas para os professores
  1. Leitura da Bíblia – Todos os professores devem aderir ao projeto de leitura da Bíblia em um ano. É uma necessidade básica de todo aquele que leciona. Como a maioria tem acesso a Internet sugiro que usem o link www.portaladmeclesiastica.com.br/leiturabiblica.aspx.
  2. Assiduidade – Será um dos critérios para a escola do paraninfo da Formatura 2011.
  3. Criatividade – Outro critério muito importante que será considerado. A visão para este ano é uma escola bíblica que viva o novo de Deus não somente na vida de alunos e professores, mas também na forma como as aulas são ministradas.
  4. Inovação – Sempre existe uma maneira melhor de lecionar, de tratar com os alunos, de preparar uma aula; enfim, podemos inovar a cada dia em nosso ministério e isto somente fará aumentar o brilho e a forma como abençoaremos a vida dos alunos.
  5. Participação – Em 2011 teremos reuniões mensais para avaliação dos resultados obtidos. Participe sempre, verifique o seu progresso.

 

  • Metas para a Secretaria
  1. Manter em ordem a documentação do DEBQ, atualizando o site semanalmente com as informações da semana: números, fotos, artigos, etc.
  2. Manter em dia os apontamentos do DEBQ: metas, freqüência, doações.
  3. Prover os professores com os materiais necessários para o bom desenvolvimento das aulas.

 

  • Metas para a Diretoria
  1. Formação de novos professores – precisamos de no mínimo 3 novos professores capacitados em 2011.
  2. Capacitação dos professores atuais – estimular e promover o crescimento do corpo docente através de diversas ações: participação em eventos regionais, estaduais e nacional; interação com outros educadores; indicar regularmente novos sites e materiais que ajudem os professores no seu ministério.

      V.            CRIATIVIDADE NA EBD

Todos nós recebemos um dom natural de Deus, que é a criatividade. Em geral, a tolhemos, por temer sermos considerados ridículos, ou não querer correr riscos e fracassar no uso de novas experiências.

Desprezar este dom, e não utilizá-lo, é um grande desperdício, especialmente no ensino bíblico. Mas como despertar a criatividade, e usá-la em proveito e benefício dos alunos na EBD?

  1. Comece explorando suas próprias habilidades, idéias e experiências para se comunicar com seus alunos.
  2. Relacione-se com eles de modo pessoal, sensível e proveitoso.
  3. Adapte os recursos da EBQ às necessidades, interesses e faixa etária dos seus alunos.
  4. Relacione o tema que está ensinando à vida e experiência prática de fé.
  5. Seja flexível: se for o caso, saia do plano de sua lição para sanar dúvidas dos alunos. Uma dúvida pode trazer inúmeras oportunidades de explorar temas importantes!
  6. Improvise, procure não focar excessivamente seu ensino nos materiais disponíveis. Não seja dependente destes recursos!
  7. Converse informalmente com os alunos, após ou antes das aulas, para compreender melhor suas necessidades, pensamentos, características. Trace um plano para, a partir das experiências deles, ensiná-los de modo mais eficaz e criativo.
  8. Leia! O livro mais criativo do mundo é a Bíblia. Explore-a com sede de conhecimento, questionando, pesquisando e anotando suas observações e considerações: como? onde? por quê? quem? de que forma? quais os personagens envolvidos? como se aplica esta passagem para mim e meus alunos?
  9. Interaja com outros professores ou pessoas que tiveram experiências no ministério de ensino. Sempre há o que aprender!

 

Para despertar criatividade em seus alunos, e interesse pelas lições, seguem algumas recomendações:

  • Estabeleça um ambiente de confiança, interesse e aceitação. Não seja o “sabe-tudo”, deixe espaço para eles!
  • Dê oportunidades para seus alunos se expressarem. Pior que sair do tema da aula, é não ter motivação para prosseguir.
  • Ofereça variedade de materiais, métodos ou recursos. Não fique na mesmice!
  • Ouça os comentários, mesmo que incompletos ou incorretos, e conduza-os de forma proveitosa, assimilando e resumindo sua essência e, quando o caso, reconduzindo o pensamento para a assertiva bíblica.
  • Convide-os a escrever sobre suas experiências, expressando o que pensam, sentem e crêem.
  • Demonstre estar aberto a assuntos diferentes – isto pode indicar novas necessidades e oportunidades de ensino valioso.
  • Incentive-os a perguntarem, explorarem e admirarem o texto bíblico.

 

Júlio César Zanluca 

Inove…

Este é um dos aspectos que esperamos muito dos professores e para isto quero deixar a liberdade de criação nas aulas. Os professores estão livres para lecionar suas aulas em horários e lugares alternativos de acordo com programação previamente comunicada e aprovada pela direção.

Aulas externas à igreja devem ser comunicadas aos pais e responsáveis mesmo no caso dos jovens. Lembramos ainda que passeios com menores devem ser devidamente documentados com autorização expressa dos pais. Neste caso ainda, os professores poderão solicitar apoio dos colegas de ministério, para ajudar no cuidado com os pequenos.

   VI.            CURRÍCULO

O currículo do DEBQ continuará se baseando nos materiais da Secretaria Geral de Educação, exceto nas classes das Crianças e Juniores, para as quais a secretaria ainda não tem material.

  • Adolescentes:

Primeiro Período: Adolescência no Século XXI

Segundo Período: A definir

  • Jovens e Adultos

Primeiro Período: Levítico, Vivendo mais perto de Deus

Segundo Período: A definir

  • Crianças e Juniores

Primeiro Período: Os professores desenvolverão os seus próprios materiais. Sugerimos como fonte de material, o site http://www.ebdonline.com.br

Segundo Período: A direção e os professores selecionarão o novo material padrão para a classe.

 VII.            FORMATURA DO DEBQ

Data

11/12/2011 – Culto da Noite

  • Critérios

Passarão pela formatura os alunos que tiverem no mínimo 60% de freqüência no DEBQ em cada período letivo.

  • Padrinhos

Os formandos devem ser acompanhados de um padrinho, sendo o que o objetivo aqui é evangelístico, ou seja, preferencialmente os padrinhos devem ser não convertidos. Homens entram com mulheres e vice-versa.

  • Mestres de cerimônia

Pr. Sinesio Carlos dos Santos e Pra. Silvana de Souza Santos

  • Orador da Turma

O aluno com melhor freqüência durante o ano será o representante da turma. Se for um Junior e este não quiser representar a turma, outro Junior poderá ser escolhido ou o escolhido indica uma pessoa da Igreja para representá-lo.

  • Paraninfo da Turma

O paraninfo da turma será escolhido dentre os professores de acordo com critérios da direção: assiduidade, inovação, criatividade e cumprimento de metas.

  • Programação

18h00    Abertura – Pr. Sinesio Carlos dos Santos

18h10    Entrada dos Pastores e Professores

18h15 – Entradas dos Alunos

Classe dos Juniores

Classe dos Adolescentes

Classe dos Jovens

Classe dos Adultos

18h30 – Hino da IEQ e Louvor – Pra. Miriam

18h45 – Palavra do Orador da Turma 2011

18h50 – Apresentação da Classe dos Adultos

19h00 – Apresentação da Classe dos Jovens

19h10 – Palavra do Paraninfo

19h25 – Cântico da Turma – Dirigido por um dos alunos

19h30 – Apresentação da Classe dos Adolescentes

19h40 – Apresentação da Classe dos Juniores

                                – Entrega do Certificado

19h50 – Palavra do Pastor Titular

20h20 – Palavra do Diretor

20h30 – Encerramento

  1. VIII.            DIVULGAÇÃO

 

  1. 1.       Banner para os 12 dias de Clamor

O NOVO de DEUS começa com uma NOVA disposição para aprender a sua PALAVRA.

  1. 2.       Camisetas

A Direção vai confeccionar camisetas para o corpo docente e disponibilizar para venda aos alunos sob encomenda.

  1. 3.       Lembretes

Santa Ceia

Para evitar o esquecimento do aluno por causa da interrupção mensal no dia da Santa Ceia cada classe terá a tarefa de distribuir convites e materiais sobre a escola bíblica no final do culto. A Secretaria preparará estes materiais com antecedência, entregando ao professor responsável no início do culto da Ceia. O professor deve convidar e envolver os alunos nesta atividade.

 

Cultos

Em todos os cultos deve haver um representante do DEBQ para lembrar aos dirigentes o anúncio da Escola Bíblica.

    IX.            ESPAÇO FÍSICO PARA AS AULAS

A disposição inicial das salas em 2011 são as seguintes:

  • ADULTOS                          Nave do templo
  • JOVENS                             Sala do Escritório
  • ADOLESCENTES              Fundos do Escritório
  • JUNIORES                         Nova cantina
  • MATERNAL                      Subsolo 1
  • CRIANÇAS                        Subsolo 2

Esta disposição poderá variar em função dos seguintes pontos:

  1. Crescimento: priorizaremos as classes que demandarem espaço para suas atividades;
  2. Segurança:  visando a segurança de juniores e crianças, procuremos manter estas salas na Igreja e suas acomodações.

 

Havendo necessidade, buscaremos outros espaços para o funcionamento da escola bíblica.

Conservação e limpeza

É atribuição do professor a manutenção de suas salas, principalmente pelo fato de que não temos como definir espaços exclusivos para a escola bíblica. O professor deve chegar com antecedência à Igreja e a sala de aula deve estar pronta para receber os alunos.